quinta-feira, janeiro 18, 2007

Mil e uma noites

Versos extraído da 1ª noite das espantosas histórias das mil e uma noites, traduzido do ramo sírio por Mamede Mustafa Jarouche

O tempo é composto de dois dias, um seguro, outro ameaçador,
e a vida é composta de duas partes, uma pura, outra turva.
Pergunte a quem urdiu as idas e vindas do tempo:
será que o tempo só maltrata a quem tem importância?
Acaso não se vê que a ventania, ao formar as tempestades,
não atinge senão as árvores de altas copas?
De tantas plantas verdes e secas existentes sobre a terra,
somente se apedrejam aquelas que têm frutas;
nos céus existem incontáveis estrelas,
mas em eclipse só entram o sol e a lua.
Pois é, você pensa bem dos dias quando tudo vai bem,
e nâo teme as reviravoltas que o destino reserva;
nas noites você passa bem, e com elas se ilude,
mas no sossego da noite é que sucede a torpeza.

3 comentários:

t. disse...

oh meu deus. isso me lembrou: tou praí no quarto livro das mil e uma noites (segundo uma edição muito antiga). comecei há anos, parei não sei bem por quê. é assim que acontece comigo sempre. lembro-me das diversas estórias dentro das estórias... acho que vou começar a ler novamente. obrigada por isso, fábulas árabes me eram muito queridas quando pequena e havia me esquecido disso.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

caribbean vacation travel cruise